Saiba como escolher o seu novo bichinho de estimação

Quem deseja comprar ou adotar um novo bicho de estimação costuma se deparar com algumas questões importantes com certa frequência, e a escolha de um cachorrinho para fazer parte da família, em muitos casos, não e uma tarefa muito fácil. Devendo levar uma série de fatores em consideração, o futuro proprietário de um pet deve ter em mente que levar um animal para casa exige tanto responsabilidade como tempo e atenção para o cão – evitando problemas futuros em função da falta de planejamento.

Antes que um cachorrinho possa fazer parte da vida de uma família, é fundamental que todas as pessoas que habitam o lar estejam de acordo com a nova aquisição e desejem ter um pet em casa – já que, com uma expectativa de vida que gira em torno de 15 anos, os cães farão parte do dia-a dia deste lar por bastante tempo, e a atenção para o animal deve ser constante.

Além disso, é importante saber se os novos donos do bichinho de estimação terão tempo suficiente para passar com ele (seja brincando, passeando ou realizando atividades diversas), já que um pet que fica sozinho por muito tempo pode acabar até desenvolvendo problemas de depressão por causa da solidão.

Ter condições financeiras para garantir o bem-estar e saúde do bicho é outro item fundamental – levando em conta o fato de que, durante a vida toda do cachorro, ele necessitará de alimentos, acessórios, visitas periódicas a médicos veterinários e serviços como banhos e tosas; sem contar os imprevistos e acidentes que podem ocorrer ao longo deste tempo, exigindo que seus proprietários desembolsem grandes quantias para salvar ou manter a qualidade de vida do animal.

Com o crescimento cada vez mais acelerado das grandes metrópoles e o dia-a dia frenético que enfrentam os profissionais dos dias de hoje, boa parte das pessoas que pensa em adotar ou comprar um cãozinho tem os apartamentos como moradia – e, para que a vida de um pet possa ter qualidade e bem-estar dentro de um ambiente como este (de espaço mais limitado), o mais indicado é que o bicho de estimação escolhido seja um cachorrinho; deixando de lado as raças de grande porte que, sem dúvidas, não viveriam bem nesse tipo de abrigo.

Contando com características físicas e personalidades bastante diferentes, os cães de pequeno porte e as versões ‘mini’ do mundo canino são as opções ideais para se ter em locais como apartamentos ou casa sem grandes espaços.

Fonte: CachorroGato – cachorrogato.com.br