Cuidados com o celular: como fazer o smartphone durar mais

Smartphones

O preço dos celulares tem aumentado bastante nos últimos anos. Para evitar que você desperdice dinheiro, preparamos umas dicas para seu aparelho durar mais.

Usar capinha
Essa provavelmente é a dica mais importante para quem deseja fazer com que o celular dure o máximo de tempo possível. Com a correria do dia a dia, deixar o aparelho cair de vez em quando é quase inevitável e, se o smartphone estiver desprotegido, a chance dele ser danificado é grande.
Portanto, busque sempre manter o celular em uma capinha, para evitar que acidentes causem problemas para o seu smartphone (e para o seu bolso).

Colocar película
Aplicar uma película de vidro no celular pode ser a proteção que vai garantir que ele continue tendo cara de novo, mesmo depois de certo tempo de uso. A “segunda tela” evita que o display trinque ou fique arranhado, ao entrar em contato com objetos ou com o chão, por exemplo, em caso de queda.
A película também ajuda a manter o bom funcionamento do touch screen, pois impede que o display seja danificado ao entrar em contato com chuva, chaves ou outros utensílios.

Limpar o celular com frequência
Limpar o celular não vai melhorar o desempenho dele, mas mantém a carcaça do aparelho em bom estado. Quando o usuário deixa o smartphone ficar encardido, o material do qual ele é feito pode ser danificado.

Além de desvalorizar o celular em uma possível venda, isso também acaba contribuindo para a diminuição da vida útil do aparelho, pois as traseiras e as laterais podem começar a descascar. Por isso, procure manter limpo seu smartphone.

Não guardar no bolso ou mochila junto com chaves ou outros objetos
Esse é um erro comum que pode danificar bastante o celular. Ao sair de casa e colocar o aparelho dentro da bolsa, ele acaba se misturando com outros objetos. No caso de chaves, por exemplo, os riscos e arranhões na tela são quase inevitáveis. Sendo assim, procure guardar o smartphone em um local separado

    Não utilizar toda a memória interna do smartphone
Exigir muito de um celular pode fazer com que ele engasgue de vez em quando. Para evitar que isso aconteça, procure não utilizar toda a memória interna disponível no aparelho. Se o seu smartphone tem 16GB de armazenamento, por exemplo, procure deixar mais ou menos 2GB livres.

Ao passar desse limite, você começa a correr o risco de ver o celular travar. Quanto mais “pesado” ele fica, menor é a fluidez, ainda mais se a de quantidade memória RAM não for suficiente. Uma solução para quem gosta de baixar muitos apps e jogos pode ser utilizar um microSD, caso o aparelho tenha entrada para cartão de memória.