Conheça os principais tipo de hidratação e reconstrução dos cabelos

Diversos procedimentos podem recuperar os fios danificados por perda de água ou aminoácidos e trazer a aparência saudável. Se a exposição ao sol, vento e secador já alteram as propriedades naturais dos cabelos, imagine o que fazem os procedimentos como mechas, colorações e alisamentos. Os primeiros casos danificam as cutículas dos fios e provocam perda de água, por isso necessitam da hidratação. Processos químicos vão além e modificam a estrutura do fio, causando a perda de aminoácidos.

A Cauterização é indicado especialmente para cabelos loiros que passaram por descoloração, inclusive para quem tem mechas. Também para as que submeteram a alisamentos, escovas progressivas e colorações caseiras. Todas estas químicas deixam os fios porosos. A cauterização passa por três etapas. Primeiro o cabelo é hidratado, em seguida reconstruído e por fim cauterizado, o que significa que o as cutículas dos fios são fechadas após receberem as substâncias reestruturantes. Esta finalização gera brilho e maciez.

A Selagem é um tratamento que ajuda a reduzir o volume e o frizz. Costuma ser confundido com escova progressiva porque o processo de aplicação é bastante semelhante, utilizando uma prancha quente. Entretanto os princípios ativos da selagem térmica são bem menos agressivos que a escova progressiva. Pelo contrário, eles nutrem os fios com a ajuda da queratina. O processo pode demorar de uma a três horas, dependendo do comprimento e da quantidade de cabelo.

O Botox Capilar é uma máscara que possui moléculas intra-culane, penetra por todas as camadas do fio promovendo a reconstrução de dentro para fora, ajudando também a prevenir a quebra. Com apenas uma aplicação as mudanças são visíveis. O produto dá brilho, tira o aspecto seco das pontas e reduz o volume do cabelo.

A reconstrução capilar pode ser feita em todos os tipos de cabelos, desde os virgens até os que passaram por processos químicos e estão opacos, ásperos, ressecados, embaraçam ou quebram com facilidade. Porém, é muito importante que todos os sinais sejam avaliados pelo cabeleireiro para que ele faça um diagnóstico do fio da cliente e possa indicar o reconstrutor mais adequado à situação do cabelo, a quantidade de aplicações do tratamento e o intervalo de tempo necessário entre elas.

O processo deposita nos fios proteínas, aminoácidos e minerais, que são hidratantes essenciais para a estrutura física dos cabelos, pois tratam as camadas externas dos fios e são responsáveis pelo brilho, maciez e pelo balanço natural das madeixas.

Os resultados da reconstrução capilar podem ser vistos logo nas primeiras sessões, os fios já mostram sinais de recuperação na textura, ficam mais fortes e resistentes. Mas para que o resultado seja completo e para garantir a durabilidade do tratamento realizado no salão, é necessário fazer a manutenção em casa com produtos que sejam da mesma linha dos utilizados na reconstrução, assim os ativos reconstrutores permanecem nos fios e prolongam os benefícios da reconstrução capilar.

O sonho do cabelo liso leva milhões de brasileiras aos salões de beleza para alterar a estrutura natural das madeixas. Pensando em salvar a cabeleira dessas mulheres, o médico José Kacowicz criou uma escova, a Exoplastia, que, além de chapar, recupera a saúde dos fios, pois elimina falhas na cutícula capilar. Tudo isso sem utilizar formol.
Conheça melhor o produto em seu salão e descubra se ele também atende a sua necessidade de beleza!

 

Oferecimento:

Diju Cabelos