Coleta Seletiva de Lixo em Condomínios

A MANEIRA INTELIGENTE DE PRESERVAR O MEIO AMBIENTE

 

Cada morador de uma residência gera em média cerca de 1 kg de lixo por dia.

O lado triste desta notícia é que 60% de todo o lixo descartado são representados por materiais recicláveis – embalagens pós-consumo de papelão, ferro, alumínio, vidro – que poderiam ter voltado ao seu ciclo de vida, transformando-se em nova embalagem ou novo produto, se todos os habitantes adotassem a coleta seletiva de lixo em suas residências.

Quando o lixo reciclável é misturado ao lixo comum, estes materiais, principalmente os papéis, ficam contaminados e impróprios para a reciclagem.

A única solução é separar o lixo comum do lixo reciclável na fonte geradora: na cozinha.

Basta uma pequena mudança de hábito: colocar dois cestos, um para o lixo comum ou molhado, outro para o lixo reciclável, ou seco.

O próximo passo é colocar estes lixos separados no compartimento próprio estabelecido pelo condomínio, para que a equipe de limpeza faça o recolhimento separadamente. Simples, prático e rápido.

Uma vez separado e armazenado no depósito final, o material reciclável está pronto para ser vendido para uma empresa sucateira ou doado a uma cooperativa.

 

  • O aterro sanitário recebe apenas o lixo comum e orgânico, aumentando sua vida útil;
  • O meio ambiente é preservado da extração de recursos naturais;
  • O condomínio fica mais limpo;
  • Os moradores dão exemplo de cidadania e respeito à Natureza;
  • Os sucateiros e cooperativas geram mais empregos;
  • Gera economia de energia;
  • Ajuda a Preservar os recursos naturais;
  • Reduz os custos de matérias-primas industriais;
  • Ajuda na promoção do desenvolvimento de uma consciência ambiental nas populações.

 

Como podemos observar, se soubermos utilizar os recursos da natureza, poderemos ter, muito em breve, um mundo mais limpo e mais desenvolvido. Desta forma, poderemos conquistar o tão sonhado desenvolvimento sustentável do planeta.